UMA VISITA DO GERONTOLOGO

UMA VISITA DO GERONTOLOGO

CAMPAINHA JUCA: Bom dia! Estava à sua espera. GERONTÓLOGO: Bom dia, seu Juca. como está? JUCA: Melhor agora seu gerontólogo. JUCA: Entre! GERONTÓLOGO: Bom dia, dona Lalá. LALÁ: Que satisfação em revê-lo, senhor Gerontólogo. LALÁ: Preparei um bolinho de fubá bem gostoso para recebê lo, nessa primeira visita. JUCA: Espere, Lalá. Eu te ajudo. GERONTÓLOGO: Adoro bolo de fubá, mas não gostei de ver esse sofá, ele é muito baixo. GERONTÓLOGO: Isso dificulta muito na hora de levantar-se. GERONTÓLOGO: Veja aquela poltrona como é mais prática. JUCA: Deixa eu experimentar. LALÁ: Dificilmente usamos essas poltronas. LALÁ: Deixamos para as visitas. GERONTÓLOGO: Percebam como a altura e os braços fazem toda a diferença. JUCA: Nossa é verdade, muito mais fácil para levantar. LALÁ: Eu falei que queria comprar um sofá novo, Juca. GERONTÓLOGO: Seu Juca, ta na hora de presentear a Dona Lalá com um novo e belo sofá.

JUCA: To vendo que eu vou gastar todas as minhas economias. JUCA: O que mais que eu vou ter que comprar? GERONTÓLOGO: Isso serve também para a cama, mas calma seu Juca, não precisa se desesperar. GERONTÓLOGO: Muitas coisas podemos resolver gastando muito pouco. GERONTÓLOGO: Estão vendo essa mesinha de apoio? JUCA: Vou ter que comprar mesas novas? GERONTÓLOGO: Não necessariamente, mas teremos que dar um jeito nessas quinas. GERONTÓLOGO: Temos que arredondar todas as quinas de todos os móveis. Inclusive criado mudo. LALÁ: O Cléber, filho da dona Vanda é marceneiro. LALÁ: Faz isso rapidinho. GERONTÓLOGO: Estão vendo como podemos ter ideias criativas sem muito gasto. JUCA: Minhas economias agradecem. GERONTÓLOGO: A segurança de vocês é muito preciosa, temos que diminuir todos os riscos de queda. LALÁ: Vamos pra cozinha ver se o bolo está pronto? GERONTÓLOGO: Já está cheirando.

Deve tá uma delícia. JUCA: Vamos rápido, antes que o senhor descubra mais alguma coisa errada. GERONTÓLOGO: Já descobri! GERONTÓLOGO: Dá uma olhada nesse tapete solto, isso é um perigo GERONTÓLOGO: Não é bom ter tapetes. LALÁ: A gente sente muito frio. LALÁ: O tapete deixa o ambiente mais aconchegante. GERONTÓLOGO: Já que vocês gostam tanto de tapetes.. GERONTÓLOGO: …vamos prendê-los o substituir por tapetes antiderrapantes. JUCA: Vamos comer bolo. LALÁ: Cuidado com esse degrauzinho. GERONTÓLOGO: Nem preciso falar do risco que esse degrau oferece. JUCA: Tô vendo que está tudo errado. GERONTÓLOGO: Não! Vejam essas arandelas baixas. GERONTÓLOGO: Isso facilita a troca das lâmpadas. GERONTÓLOGO: Vocês não devem subir em escadas, parabéns! JUCA: Ufa! Acertamos alguma coisa.

GERONTÓLOGO: Na verdade vocês nem devem ter escadas em casa. GERONTÓLOGO: Para evitarem algum tipo de aventura. LALÁ: Não temos escada em casa. LALÁ: Juca, pega as xícaras no armário. GERONTÓLOGO: Seu Juca, desce já daí . GERONTÓLOGO: Olha o perigo JUCA: O armário é muito alto. Eu não alcanço. GERONTÓLOGO: Temos que providenciar imediatamente o rebaixamento desses armários. GERONTÓLOGO: Tudo tem que está ao alcance de vocês, sem esforço nenhum . LALÁ: Eu te falei, Juca. LALÁ: Quando ele não está em casa eu nem posso pegar as louças do armário. GERONTÓLOGO: Ainda bem que a senhora não se aventura, como o seu Juca.

GERONTÓLOGO: Deixa que eu pego as xícaras. LALÁ: Aproveita e passa uma água nessas xícaras, por favor! GERONTÓLOGO: Gostei da altura dessa pia, bem adequada. GERONTÓLOGO: Espero que o tanque e o lavatório estejam nesse padrão. LALÁ: O tanque está um pouco mais baixo, me dá uma dor nas costas. GERONTÓLOGO: Temos que ajustar. JUCA: Chega de conversa. Tá na hora boa. GERONTÓLOGO: Huuuumm que cheirinho bom. GERONTÓLOGO: Acho que vou ter que sair da minha dieta. .

As found on Youtube

Fechar Menu